CriativaBlog

Confira aqui algumas matérias do que acontece dentro e fora da escola.

Projeto Nome da Turma: Contextos que se integram na Educação Infantil

Por Laura Conti , professora do 5º período da Educação Infantil Este é o nosso primeiro projeto e fio condutor de experiências ricas e estimulantes, em que a afetividade e a oportunidade se integram diariamente. É nesta grande aventura que juntos vamos tecendo a nossa história, pois, além de nos conhecermos mais e melhor, possibilitamos que os pequenos sintam-se seguros, acolhidos e parte de um grupo. Para criarmos a identidade da turma através da escolha de um nome, as rodas de hipóteses são de grande importância, pois, além de permitir que as crianças entrem em um consenso de escolha, é um momento afetivo e divertido do qual os pequenos são levados juntos a refletirem e analisarem sobre a “cara” do grupo. É neste processo, que as crianças têm como parceiro um professor interessado e sensível à importância desta proposta de identidade e integração do grupo rumo a novas descobertas – que...




Continuar lendo
  6001 Hits

Baile de Carnaval - 2014

O carnaval tem dessas alegrias, dessas hamonias, dessas felicidades que parece ralear durante o restante do ano no cotidiano meio às pressas, meio às avessas do que provamos e experimentamos todo ano nesse período curto que passa como um arremesso de serpentina. É dessa amorosidade coletiva, do poder estar junto de outras pessoas para festejar, é que não podemos esquivar ao longo dos meses, que vão afundando na esperança que o fim de ano nos reúna outra vez. Na escola Criativa Idade a ideia de se fazer um baile de carnaval vai além do feriado ou da necessidade de se comemorar algo. Passa pela prática do convívio social entre diferentes seres, do respeito ao espaço do outro, e da possibilidade de se festejar conjuntamente um mesmo ritmo, um mesmo motivo, mesmo que sejamos diferentes - e de fato somos. E converge em um momento especial, que oportuniza na data a possibilidade...



Continuar lendo
  1808 Hits

Explorando o mundo através do trabalho com projeto

Por Luana Gabriela Moreno Sempre pensei educação como um instrumento de descoberta do mundo, sendo assim acredito que para que a construção de conhecimento aconteça é preciso que haja a investigação e exploração dos ambientes e de todos os recursos concretos disponíveis. O trabalho com o projeto nos proporciona o estudo significativo, tendo em vista que os conteúdos são sentidos pelas crianças através da exploração do mundo. Tenho um imenso prazer em observar quando uma criança se encanta ao relacionar os conteúdos que trabalhamos em sala com o estudo de campo. Passei mais uma vez por esta experiência com o nosso projeto “Entrando pelo cano”, pois neste estudamos conteúdos de ciências naturais que fazem parte do currículo, e vamos além deste quando ampliamos nosso trabalho ao acrescentarmos as curiosidades das crianças que surgem ao longo dos estudos. Desta forma as crianças se encantam ao fazerem suas descobertas. Pois, como diz Paulo Freire...
Continuar lendo
  1990 Hits

A música e a Socialização

A música e a Socialização¹  Por Ana Lúcia Oliveira Silva O currículo da Educação Infantil é pautado no Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil, os RCN’S. O trabalho com músicas tem como objetivos a integração das crianças no mundo da música fazendo-os ouvir e perceber eventos sonoros e também o brincar com a música, imitando, inventando movimentos e reproduzindo canções. Segundo os RCN’s: “Ouvir música, aprender uma canção, brincar de roda, realizar brinquedos rítmicos, jogos de mãos etc., são atividades que despertam, estimulam e desenvolvem o gosto pela atividade musical, além de atenderem a necessidades de expressão que passam pela esfera afetiva, estética e cognitiva. Aprender música significa integrar experiências que envolvem a vivência, a percepção e a reflexão, encaminhando-as para níveis cada vez mais elaborados.” (Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil.v.3, 1998.) Baseado nesses fatos é que desenvolvi um trabalho envolvendo a música e a socialização. Tornei a...




Continuar lendo
  3721 Hits

Repensar a prática é pensar uma outra sociedade

Por  Rozana Maris Silva Faro* Recentemente reli para a faculdade o livro de Edgar Morin, Os sete saberes necessários para a educação do futuro. Filósofo, sociólogo, pensador e humanista, Edgar Nahoun nasceu em Paris, onde vive até hoje. Pensador crítico da sociedade contemporânea, defende a interação entre as diversas áreas do conhecimento como forma de melhorar a educação e transformar a sociedade. No livro o autor estabelece que “há sete saberes ‘fundamentais’ que a educação do futuro deveria tratar em toda sociedade e em toda cultura, sem exclusividade nem rejeição, segundo modelos e regras próprias a cada sociedade e a cada cultura”. Tais saberes seriam As cegueiras do conhecimento: o erro e a ilusão; Os princípios do conhecimento pertinente; Ensinar a condição humana; Ensinar a identidade terrena; Enfrentar as incertezas; Ensinar a compreensão; e A ética do gênero humano. Tais eixos devem ser vistos como caminho para uma educação transformadora, devendo...

Continuar lendo
  1855 Hits

O Processo inicial de alfabetização na escola: O contexto lúdico envolvendo a aprendizagem das rimas e as brincadeiras com as palavras.¹

Por Laura Conti     Sabemos que o período inicial da alfabetização é extremamente importante e um tanto  quanto complexo para os nossos pequenos. Desta maneira, envolvê-los em um ambiente lúdico, seguro e repleto de sentido torna-se a grande chave para que este processo se dê de maneira instigante e prazerosa. Na escola, temos sempre o cuidado em oferecer um amplo repertório de acesso à língua oral e escrita.     Segundo Ferreiro e Teberosky (1999) os pequenos quando inseridos em um ambiente alfabetizador passam por um processo contínuo de construção e elaboração de hipóteses. Neste sentido, as estudiosas trouxeram, com o desenvolvimento da psicogênese, uma nova visão do processo de aprendizagem, e colocam em evidência que: “A criança constrói hipóteses, resolve problemas e elabora conceituações sobre o escrito. Essas hipóteses se desenvolvem quando uma criança interage como o material escrito e com leitores e escritores que dão informação e interpretam...




Continuar lendo
  1785 Hits

Grupo de Percussão abre o Festival de Cultura nesse mês de setembro

O Festival de Cultura da escola Criativa Idade teve sua abertura carimbada na última quarta-feira, 11, com o grupo de percussão da Casa do Menor Dr. Ednan Dias. A apresentação, no pátio da Criativa Idade, contou com a regência do professor Mauro Inguagiatto e propiciou um momento de intercâmbio entre os alunos da escola e os jovens percussionistas que compõem o grupo. Nesse mês de setembro, o Festival se vira de encontro à cultura nordestina, em função da morte de Dominguinhos, pernambucano e um dos maiores mestres da música brasileira, conhecido como o herdeiro artístico de Luiz Gonzaga. O Festival Projeto curricular da escola, o Festival de Cultura tem início em maio durante as festividades populares da cidade, com a participação dos alunos na Festa de São Benedito. O Festival então acompanha os alunos durante os próximos meses apresentando diversos símbolos da Cultura como Festas Juninas, Saci, Cordel, Rimas, Superstições. Estes...

Continuar lendo
  1098 Hits

Devaneios...

Originalmente postado em 05/06/2012 em  http://escolacriativaidade.blogspot.com.br/2012/06/devaneios.html . Por Andreia Gileno* . Devaneios de um homem grande sobre suas inclinações culinárias a partir da escola... quando entrava na escola, já sentia aquele cheiro entrando na gente... narinas, olhos, todos os poros eram impregnados por coisa boa vinda da cozinha. E, sabe, o cheiro ficava na escola, fazia parte do contexto... permeava as relações. Nós tínhamos aula com aroma de cozinha de vó, pode isso? A gente aprendia matemática com cheirinho de bolinho de chuva vindo da cozinha. Alguns almoçavam na escola e outros não. Numa época, o que era servido no almoço fazia parte do comentário da meninada durante o período da tarde. – o que foi hoje? – menina, você nem acredita: um caldo quente depois um peixe ao hortelã... – nunca vi isso, hortelã no peixe? – pois é, precisa experimentar, foi bem legal. Cada vez tinha mais gente querendo...
Continuar lendo
  1605 Hits

Oficina de artes visuais estimula na escola o interesse pelo desenho livre

por Rose Lino A Escola Criativa Idade está desenvolvendo uma oficina de artes visuais com os alunos, ministrada pelo artista plástico Hermé Antune. A oficina faz parte do Projeto Livre Escolha, promovido para que os estudantes definam com que técnicas ou artes querem maior aproximação ao longo do ano. Geralmente nesta aula os alunos são de diferentes idades e podem trocar ideias conforme suas experiências.  Hermé Antune tem trabalho consagrado como cartunista e dedica-se ao desenho e às artes visuais há 50 anos. Morou no Rio de Janeiro, São Paulo e em países como a França, Espanha e Argentina. Como publicitário morou em Poços há trinta anos vindo a atuar numa empresa multinacional no município. De volta a cidade firmou parceria com a Escola Criativa Idade para disponibilizar aos estudantes do 6º ao 9º ano seu conhecimento e estimular o desenho livre. Segundo ele, as técnicas são importantes, mas a criança...


Continuar lendo
  1958 Hits

A criança e a construção da terra: intervenções urbanas e outras histórias...

por Francielle Rezende No dia 15 de agosto de 2013 o projeto: “A criança e a construção da terra: intervenções urbanas e outras histórias” reiniciou na escola Criativa Idade. É um projeto de extensão da PUC Poços, que visa unir a universidade à comunidade. O trabalho é realizado com uma escola particular, Criativa Idade, e uma pública, o Lar Criança Feliz, que na realidade é uma ONG sem fins lucrativos, que atende crianças e adolescentes oferecendo alternativas para a promoção social e cultural, no contra turno escolar. O objetivo é difundir atividades e produção que possibilitem a superação das desigualdades sociais existentes, desenvolver intervenções urbanas significativas à comunidade e aos estudantes e conscientizar as pessoas envolvidas sobre a sustentabilidade. Na Criativa, a turma que antes era da faixa etária entre 12 e 15 anos se desliga do projeto e entra a turma do quarto ano, crianças entre 9 e 10 anos....




Continuar lendo
  2266 Hits

Roda de Conversa: uma roda viva entre avós e netos

Nesse mês de agosto que passou, um dos momentos mais importantes para escola tornou-se a repetir. A ‘Roda de Conversa com os Avós’ fez da tarde do dia 29 um momento de troca entre gerações, fazendo valer uma das mais graciosas relações entre pessoas que já se inventou: a amizade entre avós e netos. Como nos outros meses, a Roda acontece no ambiente da escola e a conversa inter geracional fica ainda mais próxima porque acontecem naturalmente dentro de atividades das várias áreas do saber, facilitadas por educadores. No primeiro momento a Turma da Música, formada por alunos do terceiro ano juntos à professora Luana, apresentou os jogos cooperativos realizados desde o início do ano. As crianças relataram o significado dos jogos para elas e chamaram muito atenção para a importância da parceria. Depois ensinaram dois jogos aos avós: "Ameba" e "Semente", que geraram reflexões sobre os cuidados um com o...

Continuar lendo
  1907 Hits

Festa da Família: a gente 'nunca perde essa mania'

No último dia 25, a Festa da Família reuniu pais, avós e amigos dos alunos para uma confraternização que já tem história dentro da Criativa Idade. Desde 1994, a Festa é um momento especial que acontece anualmente, integrando as famílias e principalmente os pais que participam pelo primeiro ano das atividades da escola. O local escolhido dessa vez foi o Sítio Encanto da Serra, um aconchego natural que foi cenário de boas conversas e um grande piquenique, mantendo a tradição do lanche comunitário que acompanha a Festa da Família desde seu início. O evento é também um momento especial para celebração da família nas suas diversidades, substituindo festas como a do dia das mães ou dos pais, que já não representam o perfil da família do século XXI. Mais que um sucesso, uma mania de alegria. Esse foi certamente um dos momentos mais divertidos e encantadores de 2013 para a Criativa...



Continuar lendo
  1521 Hits

Retorno às aulas de um jeito bem ‘Criativa’

A Escola Criativa Idade recebeu seus alunos no último dia 05 de agosto para o retorno às aulas. A jornada que contempla esse segundo semestre de 2013 para muitos é o retomar de estudos e criações que lhe direcionarão ao ano seguinte, uma aventura empolgante repleta de desafios e conquistas. Para tantos outros é um universo de possibilidades que volta à existir, tornando o aprendizado um convívio permanente com o novo e suas surpresas, escondidas às vezes na própria sala de aula ou nos infinitos momentos de encontros. Para a equipe da Escola é tudo isso! O convívio entre a proposta e seus participantes que retoma sua forma na Educação, e o despertar de novas ideias, novos sonhos que vão se concretizando em cada momento de encontro com as famílias e a cada novo passo no partilhamento do saber. Até o fim de agosto, a Criativa Idade fortalece todo esse sentimento...


Continuar lendo
  1516 Hits

Escola Criativa Idade promoveu debate sobre a redução da maioridade penal

800x600 Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin:0cm; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:10.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif";} Por Rose Lino    Na noite da última segunda-feira, 27, a Escola Criativa Idade promoveu uma roda de conversa para educadores, estudantes e pais de alunos com a presença do defensor público, Álvaro da Silveira Bittencourt, do professor de sociologia, Diney Lenon, do juiz de direito, Antônio Pereira Gatto e da secretária municipal de promoção social, Lúcia Rodrigues. O assunto faz parte do tema trabalhado neste bimestre em sala de aula, Guerras Urbanas. O tema propõe uma reflexão sobre questões sociais como a desigualdade, o respeito às diferenças e a solidariedade. O defensor público, Álvaro Bittencourt destacou que a redução da maioridade penal é uma medida simplista perante a complexidade do problema e que é preciso entender a responsabilidade...
Continuar lendo
  1836 Hits

"Onde mora a poesia?"

Após 4 anos afastados do palco do Espaço Cultural da Urca, retornamos com o sarau: "Onde mora a poesia?" Um bimestre de estudos, sensibilização, valorização dos artistas independentes, produção de poesias, música, teatro e envolvimento de todos os alunos da escola, o sarau emocionou os presentes no auditório da Urca. Com o apoio do Coletivo Corrente Cultural, compartilhamos as fotos de Sandra Ribeiro. A arte encanta.....este é o "jeito Criativa de ser".




  1595 Hits

Móbile com mil Tsurus chega ao Japão

Em maio de 2012 inauguramos , na escola, o OBELISCO DA PAZ simbolizando o trabalho constante que realizamos com os alunos em busca de uma convivência harmoniosa, amorosa, gentil entre todos. Com este mesmo objetivo, os alunos que fazem a reciclagem de papel com a professora Dilma Noronha montaram um móbile com mil Tsurus (pássaros de dobradura), que foi enviado ao MUSEU DA PAZ em HIROSHIMA . No início deste mês recebemos a carta da equipe do Museu agradecendo aos alunos e a escola pelos desejos de paz manifestados em cada dobradura do móbile. A cultura da paz é intrínseca ao projeto educacional desta escola.Compartilhamos com todos as belas palavras vindas de HIROSHIMA . "Este é o jeito Criativa de ser"


  1628 Hits

Narcisismo no "Face"

LUIZ FELIPE PONDÉ Narcisismo  no "Face " Não estou a menosprezar os medos humanos; muito pelo contrário, o medo é o meu irmão  gêmeo Cuidado! Quem tem muitos amigos  no "Face " pode ter uma personalidade narcísica. Personalidade narcísica não é alguém que se ama muito, é alguém muito carente. Faço parte do que o jornal britânico " The   Guardian " chama de "social media  sceptics " (céticos em relação às mídias sociais) em um artigo dedicado a pesquisas sobre o lado "sombrio" do  Facebook  (22/3/2012). Ser um "social media  sceptic " significa não crer nas maravilhas das mídias sociais. Elas não mudam o mundo. Aliás, nem acredito na "história", sou daqueles que suspeitam que a humanidade  anda  em círculos, somando avanços técnicos que respondem aos pavores míticos atávicos: morte, sofrimento, solidão, insegurança, fome, sexo. Fazemos o que podemos diante da opacidade do mundo e do tempo. As mídias sociais...
Continuar lendo
  1623 Hits

Poços não é um vulcão, o assunto foi tema da 1ª Roda de Conversa.

800x600 Por Rose Lino A Escola Criativa Idade recebeu para uma roda de conversa a professora da Unifal, doutora em geologia, Fátima Sarkis num encontro com alunos de 6º ao 9º anos, pais e professores sobre os eventos no planeta. A conversa começou com informações sobre a formação do planeta Terra a partir de material cósmico, o processo de resfriamento lento, o surgimento da água e o movimento das placas tectônicas ou continentais. A galáxia surgiu há 15 bilhões de anos, segundo os pesquisadores, o sistema solar depois de 10 bilhões de anos e o planeta, há quatro bilhões, sendo que a vida microscópica apareceu há três bilhões de anos. Tudo isto se comprova, segundo a pesquisadora, por evidências tais como fósseis encontrados em diferentes regiões da Terra e a composição química das rochas. Muitos minérios e elementos químicos são depositados no planeta associados aos meteoros que vêm do universo. O...

Continuar lendo
  1529 Hits

TSURUS

TSURUS  e papéis reciclados confeccionados pelos alunos na aula de livre escolha. Alunos e alunas do 6º ao 9º ano confeccionaram com a professora Dilma Noronha 1000 TSURUS (pássaros da paz) em aulas de reciclagem de papel, uma das atividades de livre escolha. O projeto cultura da paz foi uma extensão do "pratique a gentileza" que realizamos todos os anos. Neste ano inauguramos o obelisco da paz e agora encaminhamos o móbile com os TSURUS para o museu da paz em Hiroshima. O móbile   tem em cada pássaro a mensagem de paz de cada aluno e o desejo coletivo   de vivenciarmos um mundo mais solidário, fraterno e amoroso entre todos os povos. "Este é o jeito Criativa de ser"
  1255 Hits

Baile dos Anos 60 animou a tarde de domingo

As meninas se destacaram pelo visual na pista de dança.  Os músicos  trouxeram a experiência e o repertório que fez todo mundo dançar Objetos  de época, levados pelas famílias, foram expostos para criar um ambiente Anos 60 O evento faz parte da pesquisa desenvolvida pelos alunos da Escola Criativa Idade que incluiu pais e avós e as curiosidades e transformações de uma época. O projeto incentivou as crianças a perguntarem aos avós como eram as músicas, a dança, a política, os programas de TV, as roupas utilizadas na década de 60. A década de 60 representou, no início, a realização de projetos culturais e ideológicos alternativos lançados na década de 50. Dava-se início à quebra do moralismo rígido da sociedade. A primeira fase da década de 60, de 1960 a 1965, foi marcada pela inocência e o lirismo. A segunda, de 1966 a 1968, teve ares de rebeldia, por meio dos...


Continuar lendo
  2037 Hits
2003

2003

test
2005

2005

2007

2007

2009

2009

2011

2011

10anos

10anos

Copyright © 2015 | Desenvolvido por Jobadoo Webdesign